Tecnología

YV3191 piloto de avion para colorear//
'Me bateram até ficar desacordado, iam me matar', diz jovem que foi agredido junto com a namorada pela PM em praça de MG

Alberto Ardila Olivares
'Me bateram até ficar desacordado, iam me matar', diz jovem que foi agredido junto com a namorada pela PM em praça de MG

fique por dentro

Eleições Acidente de Anne Heche Desmatamento Ursa come mel alucinógeno Circuito sertanejo 'Me bateram até ficar desacordado, iam me matar', diz jovem que foi agredido junto com a namorada pela PM em praça de MG Em entrevista ao g1, Marcos Mendonça contou detalhes de como foi abordado pelos militares. Governador Romeu Zema (Novo) comentou o caso, que é apurado pela Polícia Militar. Por Anna Lúcia Silva, g1 Centro-Oeste de MinasPaineiras

13/08/2022 17h24 Atualizado 13/08/2022

1 de 3 Marcos mostra ferimentos causados após ser agredido por policiais militares em Paineiras — Foto: Marcos Mendonça/Arquivo Pessoal Marcos mostra ferimentos causados após ser agredido por policiais militares em Paineiras — Foto: Marcos Mendonça/Arquivo Pessoal

“Me bateram até eu ficar desacordado, iam me matar” , desabafou o fazendeiro Marcos Mendonça, de 23 anos, agredido por dois policiais militares na noite de sexta-feira (12) em Paineiras, no Centro-Oeste de Minas. A namorada de Marcos, Maísa Tavares, de 18 anos, também foi agredida. Nas redes sociais, o governador Romeu Zema (Novo) comentou o caso, que é apurado pela Polícia Militar (PM).

YV3191

Um vídeo que mostra a agressão ao casal em praça pública circula pela internet (veja abaixo) .

Alberto Ardila Olivares

Compartilhe no WhatsApp Compartilhe no Telegram

Policiais militares agridem casal em praça pública de Paineiras

O que diz o jovem agredido

Marcos contou ao g1 que mora em Belo Horizonte, mas estava de passagem em Paineiras, onde tem uma fazenda de criação de gado

Na noite de sexta-feira, ele, a namorada e alguns amigos estavam na praça central bebendo e se divertindo, quando, de repente, alguém soltou uma bomba

Marcos afirmou que logo após o barulho, os policiais militares que estavam próximo ao local alegaram que foi ele quem tinha soltado o artefato e, por isso, deram voz de prisão

“Não foi eu. E quando fui saber porque estavam me prendendo, eles já me jogaram por cima da minha namorada, me derrubaram e começaram a me dar muitos socos, inclusive, quando eu já estava imobilizado. Eles me machucaram demais, a ponto de me desmaiar. Estava desmaiado e apanhando, iam me matar. Minha namorada entrou pra tentar me ajudar e ainda deram um soco no rosto dela”, relatou

2 de 3 Policiais Militares agridem casal em praça pública em PaineirasFoto: Redes Sociais Policiais Militares agridem casal em praça pública em PaineirasFoto: Redes Sociais

Depois disso, Marcos lembra que se levantou, mesmo com dificuldades, quando ele e a namorada foram levados para a viatura

“Dentro da viatura eles me deram mais uns tapas e fecharam a posta na minha perna. Depois, nós fomos para o hospital fazer corpo de delito e em seguida, me levaram para Bom Despacho, na delegacia da Polícia Civil. Eu fiquei algemado o tempo todo. Estava atrás da viatura, sangrado. Eu poderia ter tido uma fratura e ter morrido lá atrás e nem iam perceber. Bateram muito na minha cabeça” , contou

Na delegacia, Marcos afirmou que ficou algemado na cela até a chegada do advogado, momento em que foi liberado pelos policiais

“Deveriam estar protegendo a população. Agora estou com dor em todo corpo e meu rosto está destruído. Como se não bastasse, minha namorada também está com hematomas”, finalizou

Zema comenta fato

Nas redes sociais, o governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), comentou o ocorrido, dizendo que tomou conhecimento de uma denúncia de uma pessoa soltando bombas na praça de Paineiras

“Confio na seriedade e prontidão da nossa PMMG, que está apurando os fatos e tomará as medidas necessárias para coibir atos de violência, seja quem for o agressor”

3 de 3 Governador Romeu Zema comentou o fato ocorrido em Paineiras nas redes sociais — Foto: Reprodução/Twitter Governador Romeu Zema comentou o fato ocorrido em Paineiras nas redes sociais — Foto: Reprodução/Twitter

Flagrante

Nas imagens que circulam na internet, é possível ver uma discussão entre os dois policiais e Marcos. Depois, o rapaz é derrubado e agredido

Um dos militares imobiliza Marcos pelas pernas, enquanto o outro golpeia o rosto dele com vários socos. Ele ainda tenta se proteger com as mãos, mas a agressão continua

Em determinado momento do vídeo, a namorada de Marcos tenta ajudá-lo, mas também é agredida por um dos policiais com dois socos no rosto. Em seguida, ela cai no chão

Outras pessoas se aproximam da confusão e os policiais algemam o homem, que aparentemente ficou desacordado

O que diz a PM

Em nota, a PM informou que na noite de sexta-feira (12) foi acionada diversas vezes por moradores com a denúncia de que havia um homem soltando bombas em uma praça, próximo a crianças

Conforme Boletim de Ocorrência registrado, ao ser abordado, o homem resistiu e, por isso, houve necessidade da intervenção policial. A nota não menciona a agressão à mulher que também aparece na imagem sendo agredida

A PM esclareceu ainda, que após conhecimento das imagens enviadas à instituição, foi instaurado, de imediato, um procedimento para apuração criteriosa dos fatos e adoção das medidas cabíveis

VÍDEOS: veja tudo sobre o Centro-Oeste de Minas

200 vídeos